Fotos: PMSS

A tradicional Procissão Marítima de São Pedro Pescador, com saída do “Píer do Convento” (Paróquia Nossa Senhora do Amparo), no bairro São Francisco, aconteceu nesse domingo, dia 04, após a celebração de Missa Solene de São Pedro, às 8h. A procissão organizada pela Paróquia Nossa Senhora do Amparo reuniu 35 embarcações, número reduzido em relação a anos anteriores, devido à pandemia.

Na tradicional procissão marítima, os devotos, em barcos pesqueiros enfeitados com flores e fitas, passearam pelo Canal de São Sebastião, saudando o santo padroeiro dos pescadores. A imagem de São Pedro seguiu de barco até a cidade de Ilhabela, onde embarcações do arquipélago se reuniram às de São Sebastião para a tradicional Benção dos Anzóis e dos Barcos.

Segundo o padre da Paróquia Nossa Senhora do Amparo, André Vilela, a procissão é um ato público de fé e de entrosamento da Igreja com os setores da comunidade. “Esse é um período importante para moradores, uma grande tradição. É uma linda festa, porque os pescadores organizam os detalhes dos barcos para levar a beleza ao mar. Peço a São Pedro que abençoe e proteja todos os pescadores, uma atividade difícil, mas que eles enfrentam para levar o sustento para a família”, diz.

Devido à pandemia, a Paróquia teve que reduzir o tamanho das homenagens ao Dia de São Pedro, celebrado em 29 de junho. Em anos anteriores eram realizadas festas sociais com quermesse, sorteio de prêmios e shows musicais.

(Fonte: PMSS)

Compartilhe: