Atualmente, a região litorânea faz parte da chamada DRS17, Departamento Regional de Saúde 17, que tem como base Taubaté, e da qual fazem parte as 39 cidades da chamada Região Metropolitana do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte.

Em encontro realizado em Caraguatatuba, e que reuniu os presidentes das Associações Comerciais de São Sebastião, Olivo Balut; de Caraguá, Emerson Mapelli; e o presidente da OAB de Caraguá, Felipe Tobias, ficou acertado que eles vão solicitar ao governo do Estado que reavalie o enquadramento da região litorânea e promova o desmembramento da DRS 17.

Os Departamentos Regionais de Saúde respondem, atualmente, pelo planejamento de investimentos, monitoramento e publicidade de análises e indicadores de saúde, além de atuarem na análise epidemiológica e de riscos, e controle de aplicação de recursos estaduais e federais do SUS.

O argumento é que o Litoral Norte possui características específicas e que deveriam ser consideradas em relação ao enquadramento no DRS17.

Outro ponto que deve ser trabalhado pelos presidentes é questionar o governo do Estado sobre a possibilidade do funcionamento definitivo do Hospital Regional em atendimento à população e não de forma provisória, já que conta com equipe técnica qualificada atuando no local há mais de um ano.

Não há informações sobre como e quando essas reivindicações serão apresentadas ao governo do Estado.

Compartilhe: