Termina hoje o prazo para que as administrações municipais assinem o termo de intenção de compra de vacinas contra a covid-19, encabeçada pelo consórcio de municípios que já possui mais de 660 prefeituras interessadas.

O objetivo é que as prefeituras possam comprar as vacinas caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), que é coordenado pelo Ministério da Saúde, não seja capaz de suprir toda a demanda.

Em Caraguatatuba, já está em tramitação na Câmara Municipal o projeto de lei, de autoria do Executivo Municipal, para autorizar a cidade a comprar doses das vacinas de imunização contra a COVID-19.

De acordo com o presidente do Legislativo, o vereador Renato Leite Carrijo de Aguilar, o Tato Aguilar (PSD), a cidade irá aderir ao consórcio de Município para compra de vacinas. “Com esta adesão, a cidade poderá comprar mais doses das vacinas caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), do Governo Federal, não atenda à demanda e não forneça doses suficientes para a população. As doses adquiridas serão aplicadas na população em conjunto com o PNI”, explicou Tato Aguilar.

Fontes: Câmara de Caraguatatuba e Agência Brasil

Compartilhe: