[metaslider id=5136]

 

 

O desembargador Magalhães  Coelho indeferiu o pedido de efeito suspensivo solicitado pela prefeita Flávia Pascoal dos efeitos  da liminar obtida pelo vice-prefeito Marcio Gonçalves Maciel junto ao Tribunal de Justiça.

A decisão do desembargador havia garantido as prerrogativas do agente político, inclusive o acesso ao carro oficial. A decisão foi proferida pelo desembargador sob os mesmos argumentos apresentados quando do deferimento da liminar, de que o vice-prefeito estava tendo suas prerrogativas políticas cerceadas pela prefeita.

Com isso, a prefeitura vai ter , por enquanto, de cumprir a determinação.

As duas decisões não levaram em conta o julgamento do mérito da ação, que ainda não tem data para ser ocorrer.

Compartilhe: