[metaslider id=5009]

 

 

A prefeitura de Ilhabela definiu por decreto a diminuição no repasse mensal de subsídios à empresa concessionária Expresso Fênix.

Essa mudança não vai resultar em alteração nos valores pagos pela população.

Os moradores vão continuar pagando R$ 2,10 no Bilhete Eletrônico e R$ 5 no dinheiro (cartão embarcado). A diferença é paga pela Prefeitura através do subsídio mensal.

A revisão da tarifa de remuneração do serviço público de transporte coletivo estava prevista em acordo firmado entre o poder público e a empresa.

Por conta da queda no número de passageiros durante a pandemia, a Expresso Fênix oficiou a Prefeitura sobre o déficit entre o valor monetário da tarifa de remuneração e a tarifa pública cobrada do usuário.

Antes o valor de remuneração da tarifa era de R$ R$ 7,30 e agora passa a ser de R$ 6,65, retroagindo os efeitos do decreto a 1º de outubro.

Na oportunidade, a Prefeitura concedeu o aumento do valor de repasse, mas com o compromisso de que quando houvesse o crescimento no número de passageiros, a mesma regra seria utilizada para reduzir a tarifa de remuneração.

Segundo a administração municipal, para chegar nesta redução, foi avaliado o chamado índice de variação da quantidade dos passageiros econômicos/equivalentes transportados por quilômetro (IPKe). Esse índice foi superior a 3% no trimestre junho, julho e agosto de 2021, o que justificou a redução.

Não foi informado o quanto isso vai representar de economia aos cofres públicos nos próximos meses.

Compartilhe: