[metaslider id=5097]

 

 

 

Os policiais que atuam na chamada Atividade Delegada em Ubatuba tiveram um aumento de 35% nas gratificações de desempenho.

O reajuste foi definido em lei aprovada pela Câmara e sancionada pela prefeita Flávia Pascoal que promove alterações em dois incisos Lei Municipal nº 3.724, de 2014, promulgada pelo então prefeito Maurício Moromizato, e que criou as referidas gratificações.

Segundo a nova redação, as gratificações que eram previstas em “95%  (noventa e cinco por cento), do valor da Unidade Fiscal do Estado de São Paulo – UFESP, para a hora trabalhada” e que são aplicadas ao Coronel, Tenente Coronel, Major, Capitão, 1 º Tenente, 2º Tenente e Aspirante a Oficial; Subtenente, lº Sargento, 2º Sargento, 3° Sargento, Cabo e Soldado, passam, com a nova redação, para 130% do valor da UFESP, que em 2021 esteve fixada em R$ 29,09.

Com a alteração, o valor a ser pago por hora trabalhada para os policiais irá, inicialmente, para R$ 37,81. No entanto, esse número pode ser ainda maior em 2022, quando o valor da UFESP deverá ser reajustado pelo governo do Estado.

 

Compartilhe: