O LN21 recebeu a informação de que uma das assessoras do gabinete, V. C. B, que atuaria na Secretaria de Educação, teria sido dispensada na última sexta-feira, dia 29, por possíveis problemas na condução de processos na pasta.

De acordo com as informações iniciais, ela deve ter sua portaria revogada no início desta semana, oficializando a sua saída.

Segundo apurou o portal, a decisão sobre a dispensa já teria sido notificada a ela sob a alegação de que possíveis irregularidades em contratos da educação, sob responsabilidade  da servidora, poderiam ter sido constatadas, o que teria causado preocupação em membros do governo, que entenderam que a dispensa seria a melhor medida a ser adotada.

O LN21 trabalha na apuração dos fatos para que seja possível entender se tais irregularidades são ou não sanáveis, e se trouxeram ou não prejuízos aos cofres públicos.

Compartilhe: