Na última quarta-feira (27), o prefeito de Ilhabela Toninho Coucci e o vice-prefeito João Pedro, estiveram em Balneário Camboriú (SC) para conferir a obra de alargamento de faixa de areia que vem sendo realizada na cidade.

Colucci ficou impressionado com a tecnologia adotada e pretende estudar com os técnicos do Instituto Nacional de Pesquisas Hidroviárias (INPH), ligado ao Ministério da Infraestrutura, um projeto que se adeque às condições geográficas do arquipélago.

O projeto de alargamento da faixa de areia tem dois objetivos: a necessidade de minimizar a erosão costeira, evitando problemas como a inundação de ruas devido à ressaca do mar; e revitalizar a orla, ampliando a oferta de lazer.

Em Ilhabela, a situação se agrava principalmente na região do Perequê, onde o nível do mar tem alcançado trechos da malha urbana, ameaçando o futuro das calçadas, ruas e casas do entorno.

No ano passado em julho, a Prefeitura de Ilhabela recebeu um ofício do INPH dando aval ao município para iniciar os estudos do projeto de engordamento da faixa de areia.

No ofício, são solicitadas quatro ações: levantamento hidrográfico monofeixe, seções transversais (perfis de praia), coleta de sedimento no perfil emerso e análise granulométrica (deverão ser realizadas coletas de material superficial e de fundo nos batentes de preamar e de baixa-mar) e pesquisa de jazida (etapa fundamental para o cálculo do custo da obra de engordamento de praia, execução de sondagens e caracterização sedimentológica em prospecção de jazidas nas proximidades da região de interesse).

Compartilhe: