Um dos maiores problemas enfrentados no Litoral Norte é a questão da perturbação de sossego. O excesso de pessoas que escolheram a região para os últimos dias de 2020 e os primeiros dias de 2021 tem resultado em muitos abusos.

Para evitar os excessos cometidos por aqueles que se empolgam em suas comemorações, as prefeituras têm atuado de forma intensa no combate, principalmente, ao som alto, seja nas praias, nas ruas ou nas residências.

Em São Sebastião, por exemplo, segundo informações da prefeitura, a Guarda Civil Municipal tem realizado operações nas últimas semanas que têm resultado em torno de 30 atendimentos por noite, em média.

Os atendimentos ocorrem, geralmente, a partir de denúncias que são realizadas por meio do telefone 153 do Centro de Operações Integradas, o COI. Depois de recebida a denúncia uma equipe da Guarda é encaminhada para autuação no local.

Locais como Barequeçaba, Juquehy e Barra do Sahy, além da praia de Maresias, têm recebido a presença constante da Guarda Civil Municipal, assim como da Polícia Militar, que tem apoiado em muitas das ações.

Pandemia

Por conta das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus, eventos que promovam aglomerações têm sido combatidos pela administração municipal.

Para evitar abusos, a GCM juntamente e a Fiscalização de Posturas e Vigilância Sanitária fizeram autuações e o fechamento de estabelecimentos comerciais na Costa Sul da cidade, ao longo da última semana.

A multa para os estabelecimentos que descumprirem as regras sanitárias começa em 30 UFESPs, ou o equivalente a R$ 828,30. Estes valores podem ser dobrados, triplicados, caso o proprietário seja reincidente até chegar a cassação do alvará de funcionamento.

Denúncias podem ser feitas pelos telefones da Polícia Militar 190 e do Centro de Operações Integradas (COI) 153.

Foto: Divulgação Prefeitura de São Sebastião

Compartilhe: