O Procon da Prefeitura de Caraguatatuba está recebendo denúncias através do aplicativo Caraguatatuba 156. Agora o consumidor tem a opção de fazer sua queixa presencialmente ou via smartphone e pelo site da Plataforma 156.

O aplicativo pode ser baixado através da Play Store do celular, ou através do site 156.

O consumidor faz o cadastrar com seus dados e poderá realizar sua reclamação. As reclamações podem ser sobre problemas com gêneros alimentícios, serviços, educação, habitação, planos de saúde, produtos, relações de consumo, saúde (hospitais particulares, clínicas médicas, laboratórios e clínicas odontológicas, entre outros), medicamentos, saúde animal (clínicas e pet shops), serviços financeiros (bancos, cartões de créditos, financiamentos, empréstimos, etc), transporte e viagens e turismo (agências de turismo, hotéis e pousadas).

De acordo com o diretor do Procon de Caraguatatuba, Aliex Moreira, o distanciamento social provocado pela pandemia da Covid-19 fez o órgão se adequar ao atendimento remoto da população.

Todas as reclamações recebidas pelo aplicativo 156 ou site da Central 156 serão enviadas para o Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (SINDEC) da Secretaria Nacional do Consumidor.

De acordo com o diretor do Procon, para fazer uma solicitação, o cliente responderá um questionário sobre produto ou serviço reclamado na aba específica. Caso falte algum documento, um aviso será enviado ao reclamante para que anexe material para conclusão do pedido.

Para o registro da reclamação, o consumidor deve comparecer ao órgão pessoalmente ou por meio de terceiros (utilizando máscara conforme o Decreto Municipal nº 1.249, de 28 de abril de 2020), com uma procuração. É preciso apresentar RG, CPF e toda documentação pertinente à reclamação, como nota fiscal, ordem de serviço, comprovante de pagamento e outros.

O atendimento ao público do Procon da Prefeitura de Caraguatatuba é de segunda a sexta-feira, das 9h às 14h. O prédio fica na Avenida Frei Pacífico Wagner, 908, no Centro.

Compartilhe: