[metaslider id=5012]

 

Na última sexta-feira (24), a Polícia Ambiental recebeu uma denúncia de intervenção em vegetação de faixa de areia com utilização de retroescavadeira, no bairro do Aruan em Caraguatatuba.

No local, os policiais constataram que havia uma retroescavadeira fazendo o nivelamento da faixa de areia nas proximidades de um dos quiosques. O operador do maquinário, informou que foi contratado pela proprietária do estabelecimento.

Na vistoria foi verificado que ocorreu a degradação ambiental, sendo destruído vegetação nativa do bioma da mata atlântica, vegetação de praias e dunas, considerada primária, em área equivalente a 0,00680ha, dentro de área de preservação permanente, por estar inserida na faixa de trezentos metros, medidos a partir da linha de preamar máxima.

Foi elaborado o auto de infração ambiental para o operador da retroescavadeira, e para a contratante do serviço, com multa no valor total de R$ 680,00.

A retroescavadeira foi apreendida, porém, não foi recolhida pela administração pública por falta de meios e locais para destinação, desta forma ficou como fiel depositário o seu proprietário mediante assinatura de termo de responsabilidade e de apreensão.

Compartilhe: