[metaslider id=5006]

Os casos de síndrome gripal correspondem pela metade de todos os atendimentos da Santa Casa de Ubatuba.

Números apurados pelo LN21 mostram 418 atendimentos para síndrome gripal no domingo (2), 445 na segunda-feira (3) e 474 na terça-feira (4), indicando uma elevação de 13,39% apenas de domingo até terça-feira.

A Santa Casa que em média para todas as especialidades atendia 400 pacientes, com a alta dos casos de síndrome gripal, passou a atender mais de 800 pacientes por dia.

Em nota a Santa Casa informa que os atendimentos estão demorando até 8h, e pede a colaboração da população. Quem estiver com sintomas leves devem procurar o Centro de Especialidades Médicas – Postão, já as pessoas que estiverem com falta de ar, devem procurar a Santa Casa de Ubatuba.

O posto de retaguarda para atender os pacientes com sintomas leves de resfriado ou gripe fica no Centro de Especialidades Médicas, o Postão, na avenida Rio Grande do Sul, 710, no Centro das 8h às 17h.

Em Ubatuba já foram confirmados 2 casos da gripe H3N2. São dois moradores da região oeste da cidade que precisaram de atendimento na Santa Casa de Ubatuba.

Os casos positivos foram de uma mulher com mais de 60 anos e um homem na faixa etária de 20 a 29 anos. Os dois pacientes já receberam alta hospitalar.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Ubatuba, Alyne Ambrogi, outros exames ainda estão em análise e aguardam resultado. Ainda segundo a coordenadora os exames são realizados apenas em pacientes internados, de acordo com protocolo do Governo do Estado. ” Por isso talvez seja possível que o município já tenha mais casos da doença, mas sem comprovação por exames”, explicou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Ubatuba.

Compartilhe: