[metaslider id=5107]

O feriado prolongado de Finados deve elevar o fluxo de carros nas rodovias do estado de São Paulo. Quem transita pelas rodovias da região desde o início da manhã já pode perceber que o fluxo de veículos maior do que o normal.

A rodovia Oswaldo Cruz, que liga Ubatuba a Taubaté, registra trânsito constante e neblina no trecho de serra desde a manhã desta sexta-feira, o que requer do motorista muita atenção. No trecho de planalto da rodovia a visibilidade é melhor.

A expectativa é que, entre esta sexta, dia 29, e terça-feira, dia 2, quase três milhões de veículos circulem pelos principais corredores rodoviários que ligam a capital ao interior e litoral paulista.

Para a Rodovia dos Tamoios, importante ligação entre o Vale do Paraíba e o litoral norte, estão previstos 154 mil veículos.

Pela manhã, um caminhão perdeu o freio, atravessou a pista da Tamoios e se chocou contra a proteção. Não houve feridos.

A Artesp orienta os motoristas a programarem as viagens para fugir de congestionamentos, evitando os horários de maior movimento, previstos para sexta-feira das 16 às 20 horas, sábado (30), das 8 às 12 horas e terça-feira (2), das 11 às 20 horas. Os motoristas podem ainda se planejar utilizando informações de tráfego das rodovias, disponíveis nos sites das concessionárias. Além disso, mensagens com orientações serão veiculadas nos painéis eletrônicos distribuídos pelas estradas.

No Sistema Anchieta-Imigrantes, que dá acesso aos municípios da Baixada Santista, a estimativa da concessionária que administra o trecho é de 200 a 310 mil veículos em direção ao litoral.

Já na Ayrton Senna-Carvalho Pinto são esperados 998 mil veículos (nos dois sentidos) durante os dias de feriado prolongado. No Sistema Castello-Raposo, a expectativa é que o fluxo seja de 609 mil veículos. No Sistema Anhanguera-Bandeirantes devem circular 802 mil veículos, entre saída e chegada à capital.

Operação Finados

A Polícia Rodoviária Federal inicia hoje, em todo o país, a Operação Finados 2021. Durante todo o feriado prolongado, ela reforçará o policiamento ostensivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade. Segundo a PRF, o objetivo é garantir aos usuários das rodovias federais segurança, conforto e fluidez do trânsito.

A soma desses esforços e ações estratégicas tem finalidade preventiva porque historicamente há um aumento relevante do fluxo de veículos e de ônibus de passageiros nas rodovias do país durante esse período. Esses são fatores que contribuem para o aumento da violência no trânsito, podendo provocar elevação na quantidade de acidentes nas estradas.

A operação, que se estende até 2 de novembro, a PRF intensifica a fiscalização de trânsito com o aumento do efetivo e de rondas ostensivas.

Edição: Ednelson Prado com informações da Agência Brasil

Compartilhe: