[metaslider id=5133]

 

 

 

Com o aumento do fluxo de turistas que descem a serra durante a temporada, Ubatuba enfrenta, a cada verão, novos e velhos desafios. Com a chegada dos turistas há o registro do aumento de diversas demandas, como produção de lixo, saúde, segurança. Por esta razão, diversas medidas são adotadas com o objetivo de minimizar o impacto dessas demandas junto à população.

Como ocorre anualmente, neste período, a Operação Verão, da Polícia Militar, deve contar com o reforço do policiamento. De acordo com as informações da prefeitura, está prevista para o próximo dia 22 de dezembro a chegada da equipe do helicóptero águia da Polícia Militar. Além disso, o efetivo local deve receber mais 175 policiais.

Desse total, a previsão é que 115 fiquem alojados no batalhão da PM, localizado no Parque Vivamar, e 60 ficarão em um alojamento na Região Sul da cidade, promovendo a descentralização do atendimento.

“As obras do alojamento da Maranduba estão em fase de finalização e no ritmo previsto. A entrega está prevista para o dia 15 de dezembro”, explicou o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Major Edílson Ramos de Oliveira.

Chuvas

Outro setor que também se prepara para a temporada é a Defesa Civil. Como visto nesta semana, o período de chuvas intensas já se iniciou, o que requer atenção redobrada da equipe, assim como de voluntários

No trabalho de preparação, recentemente, o efetivo participou de treinamento promovido pela Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil do Estado.

Há a previsão que, em breve, a cidade deve receba uma viatura 4×4, além de bote inflável, kit de combate a incêndio, tenda, gerador elétrico e motosserra, que serão utilizados nos trabalhos de atendimento à população.

A informação é de que, além do policiamento, uma equipe da Defesa Civil também será deslocada para a região sul.  Serão quatro servidores e uma viatura de apoio.

Corpo de Bombeiros

Assim como o policiamento, o grupamento do Corpo de Bombeiros também tem previsão de reforço para a temporada. De acordo com as informações, 40contratações foram feitas para atuação entre os meses de novembro e abril.

Segundo a prefeitura, o “efetivo atual do Grupamento de Bombeiro Marítimo (GBMar) de Ubatuba conta com 36 bombeiros no setor operacional (18 por dia), que atuam nas praias Itamambuca, Perequê-Açu, Tenório, Praia Grande, Toninhas e Maranduba. Já na temporada, a cobertura aumenta, acrescentando as praias Puruba, Félix, Prumirim, Vermelha do Norte, Vermelha do Centro, Sununga e Sapê”.

Inclusive, o Gbmar disponibilizará um telefone para que os turistas possam ligar para consultar qual o melhor local para banho, bem como as praias que estão guarnecidas pelo Corpo de Bombeiros. O número é o (12) 3833-5373.

Vigilância e Fiscalização

De acordo com a gestão municipal, o setor  de  Vigilância em Saúde vai atuar aos finais de semana e festas de final de ano. A intenção é de que, durante a temporada de verão, seja adotada a mesma estratégia usada na temporada passada. Haverá um trabalho conjunto com toda a equipe de fiscalização da prefeitura, de forma integrada, inclusive, com apoio das forças de segurança na fiscalização da adoção das medidas de enfrentamento à Covid-19 vigentes. Também haverá continuidade ao trabalho em parceria com o Estado na fiscalização do uso de máscaras.

Sobre os quiosques e comércio ambulante, nesta temporada a prefeitura ressalta que o funcionamento será normal, seguindo os protocolos sanitários de combate à Covid-19.  Se não houver mudança nos índices de contaminação, ou alguma ordem superior em relação à Covid, tudo seguirá desta forma.

Ainda conforme o executivo, sobre “o comércio informal, a Secretaria de Fazenda e Planejamento realiza um trabalho minucioso para identificar e barrar.  Este ano não houve sorteio de licenças para comércio ambulante e nem concessão de nenhum tipo de licença, justamente para filtrar as irregularidades e saná-las.  Além disso, a fiscalização contará com o apoio de staff e da Guarda Civil Municipal”.

Coleta de Lixo

De acordo com a Sanepav, concessionária responsável pela coleta e gestão de resíduos sólidos no município, o funcionamento de coleta para o fim de ano está sendo estudado e, em breve, a empresa deve divulgar o cronograma para o período.

Abastecimento de água

Para dar conta do amento da demanda, as informações são de que para proporcionar o atendimento adequado com abastecimento de água e coleta, afastamento e tratamento de esgotos, a Sabesp adotou uma série de providências como:

– Contratação de mão de obra temporária para reforço das equipes;

– Locação de carro tanque para atendimento em caso de falta de água – reforço (já existe um na cidade);

– Locação de veículo combinado para atendimento a obstruções de redes e ramais de esgotos água – reforço (já existe um na cidade);

– Locação de geradores para atendimento de unidades estratégicas em caso de falta de energia;

– Implantação de polos descentralizados de manutenção eletromecânica;

– Aquisição de materiais estratégicos (estoque emergencial);

– Aquisição e instalação de transformadores (novos e mais potentes) para a Estação de Tratamento de Água que atende a região central;

– Implantação de escala de plantão extra com reforço das equipes e plantão à distância (Engenharia, manutenção, operação, produção e administrativo);

– Lavagem e desinfecção de reservatórios, limpeza e manutenção de emissário submarino, lavagem de redes coletoras, desassoreamento de captações, etc;

– Aquisição de conjuntos moto-bomba (água e esgoto) e aeradores para reforço e reserva estratégica;

– Criação de grupo de contingência em parceria com a Defesa Civil e prefeitura para comunicação e acionamento de entidades em caso de emergência.

Compartilhe: